Internet das Coisas

Projetos de IoT: como a Internet das Coisas pode mudar a mobilidade urbana?

Projetos de IoT: como a Internet das Coisas pode mudar a mobilidade urbana?

iot na mobilidade urbana

Todos os dias, milhões de pessoas e veículos circulam em áreas urbanas. Sem planejamento, a superlotação e os congestionamentos tornam-se frequentes, mas projetos de tecnologia, como a IoT na mobilidade urbana, estão transformando as metrópoles em verdadeiras cidades inteligentes.

Diversas iniciativas com IoT já estão sendo utilizadas para a mobilidade urbana como otimizar o tráfego, simplificar a logística, organizar fluxos de veículos e pedestres e até mesmo usar a iluminação pública de forma mais econômica.

De acordo com dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o consumo anual de energia elétrica no Brasil teria uma redução de 1,2% se fossem usados dispositivos com conectividade IoT para a sua gestão, o que representaria uma economia de R$ 1,9 bi aos cofres públicos.

Os sistemas inteligentes que utilizam dispositivos de Internet das Coisas são possíveis porque usam plataformas simples, como o Arduino, um dispositivo que permite conectar objetos, enviando e recebendo dados por meio da internet.

Dessa forma, a conectividade IoT aliada a equipamentos e sensores, podem revolucionar a locomoção nas cidades a partir de projetos para mobilidade urbana, que permitem transitar de forma menos estressante e sustentável pelas vias de uma cidade.

E para que essas ações sejam possíveis, é preciso o uso de sensores, equipamentos microcontroladores e uma conexão IoT M2M segura e estável, para transmissão de dados em tempo real. Conheça a plataforma de conectividade IoT da Arqia, e faça parte dessa transformação digital.

O canal no YouTube Brincando com Ideias, parceiro da Arqia, mostra como é possível usar a IoT na mobilidade urbana com diversos exemplos e casos reais de estudos que aplicam a tecnologia na melhoria da vida e da locomoção nos centros urbanos.

Confira ao vídeo abaixo!

 

Gostaria de saber mais sobre a utilização da conectividade? Entre em contato com a gente!

 

Tags: